Como perder o medo de falar com uma mina? - O Guia Definitivo

Desenvolvimento Pessoal

Como perder o medo de falar com uma mina? - O Guia Definitivo

Lukas Ribeiro
Escrito por Lukas Ribeiro em 21 de setembro de 2020
Junte-se ao nosso batalhão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você já sentiu isso?

Aquele frio na barriga pouco antes de falar com uma mina.

Você imagina toda a cena na sua cabeça, cada palavra, cada passo, como um plano perfeito…

Mas você está com medo.

Você tem medo de falar besteira e passar vergonha…

Você tem medo dos olhares críticos das pessoas a sua volta… 

Você tem medo de ser rejeitado, mesmo depois de todo seu esforço para tomar a iniciativa.

E acima de tudo?

Você tem medo de estar certo sobre você mesmo.

Talvez você realmente seja feio. 

Talvez tudo que saia da sua boca seja chato e sem graça. 

Talvez você seja só mais um idiota com esperança de conquistar uma mina. 

Então, você não faz nada.

Você recua e, a princípio, sente uma leve sensação de alívio. Mas ela dura pouco… 

Depois, um forte sentimento de decepção, como se você fosse o maior fracassado que o mundo já viu. 

Você conseguiu se identificar com essa história?

Acreditamos que sim! 

Afinal, todo homem já passou por essa situação. 

Por isso vou mostrar nesse artigo como você pode perder o medo de falar com uma mina de uma vez por todas.

O que faz você ter medo de falar com uma mina?

como perder o medo de falar com uma mina

Em primeiro lugar, temos que saber porque nós, homens, ficamos tão ansiosos perto das mulheres…

No livro “The solution to social ansiety”, o Psiquiatra Aziz Gazipura entrevistou centenas de homens para descobrir quais são os 4 principais motivos:

  • Medo falar merda;
  • Medo de julgamento;
  • Medo de ser rejeitado;
  • Medo de não ser bom o suficiente (Autossabotagem).

Pelo menos um deles acontece em todas as conversas com mulheres.

Veja por exemplo o que aconteceu com o Raimundo (publicado com a permissão dele):

“Cara, eu sou mesmo um merda.

Vi uma mina no tinder que era totalmente o meu tipo! 

Mas, quando fui escrever uma mensagem, vi o tanto de amiga dela nas fotos e me bateu um nervoso.

Porra vei, já imaginou se ela mostra a minha mensagem para todo mundo só para me zuar? 

Eu ia virar o perdedor da cidade e nunca mais ia conseguir pegar ninguém. 

Além disso, porque uma gata que nem ela ia querer alguma coisa com um cara feio que nem eu? 

Aí eu desisti…”

Você conseguiu se relacionar?

Ótimo, porque você precisa ter clareza para dar os próximos passos.

À seguir vamos aprofundar mais nos 4 medos e em como superar cada um deles.

Ebooks

31 Frases para Puxar Assunto com uma Garota

Medo 1 – Como parar de achar que você vai falar merda

como perder o medo de falar besteira com uma mina

Você já olhou o telefone por um tempão sem saber o que escrever para uma mina?

Você não sente segurança no que vai dizer, tem medo de falar bosta e ela te ignorar para sempre…

E no final você trava e acaba não enviando nada. 

Mas como se livrar dessa insegurança? Como ter certeza de que não vai falar algo idiota?

A verdade é que nunca teremos certeza absoluta… Mas podemos melhorar nossas chances ao aprender como puxar e manter uma conversa de qualidade.

Imagino que você já escutou isso antes, então vou dar um aviso como amigo…

Nos entupir de conhecimento e prática é o único caminho que existe aqui, qualquer fórmula mágica só vai fazer você perder tempo e ficar frustrado.

Por isso preparamos 2 artigos para ajudar você desde a fase de puxar assunto até conquistar a garota:

Nesses artigos nós explicamos:

  • Quais são os assuntos favoritos das mulheres;
  • Como iniciar uma conversa interessante;
  • E como fazer ela ficar doida pra sair com você.

E caso você queira se aprofundar mais, recomendo que dê uma olhada no aplicativo jogo do texto. Ele possui várias vídeo aulas muito bacanas sobre o assunto.

Por fim, depois de praticar bastante, por exemplo, em apps como tinder você vai ficar cada vez mais confiante.

E essa confiança vai guiar você no caminho de como perder a timidez com a crush.

Medo 2 – Não deixe as mulheres afetarem suas emoções

ilustração de uma garota encarando

Nenhuma mulher pode afetar as suas emoções se você não permitir!

A verdade é: vai ter mulher que não vai gostar de você, vai ter mulher que não vai gostar de mim e vai ter mulher que não vai gostar de ninguém…

Estamos aqui para fazer você parar de sofrer por isso e melhorar seus resultados

O que com certeza vai acontecer com conhecimento, treino e paciência.

Tenha sempre em mente que mesmo se as coisas derem errado e a mina te ofender, a culpa nem sempre é sua.

Afinal, quando você conversar com uma garotinha querendo chamá-la para sair, existem muitas variáveis. 

Como por exemplo, ela pode estar:

  • Em um mal dia;
  • Doente;
  • Ou simplesmente ocupada.

E a forma como você reage a isso é que vai determinar seus sucessos futuros.

Pense nisso, o que de pior pode acontecer? Você ter que partir para outra?

Existem mais mulheres do que homens no mundo… 

Essa mina não pode ser a mulher mais interessante do mundo, tem que ter uma mais massa.

Então não deixe as garotinhas mandarem nas suas emoções cara, se ela não te responder pense:

“Foda-se, tem outras.”

Medo 3 – E se ela me der um toco?

ilustração de um homem sendo rejeitado

Muitos de nós tememos a rejeição mais do que os 2 primeiros medos…

Isso acontece porque:

  • O 1º medo, não saber o que falar: você consegue resolver com estudo e prática;
  • O 2º medo, de ser julgado: É um exagero da nossa cabeça. E quando você nota isso, ele perde a força e some quase como mágica.

Porém o medo de tomar um fora é muito real e pode rolar mesmo que você jogue todas as cartas certas.

O foda é que se a garotinha te dá um fora, você sempre acha que o problema é contigo.

Para resolver isso você precisa entender que:

Nenhuma mulher diz não para você, e sim para a situação

Um estudo separou 2 grupos de caras boa pinta onde:

  • Um não se dava bem com as mulheres; 
  • E o outro se dava bem.

E qual foi o resultado?

Quando o grupo que não se dava bem chamava uma mina para dançar e ela dizia não, ele apenas aceitava.

Enquanto o outro falava algo como: “Pior que eu também não estou muito afim, a gente bem que podia sentar ali e tomar alguma coisa.”

Então a garota respondia algo parecido com: “Ah, isso eu animo.”

Você notou a diferença entre os 2?

O primeiro leva o “não” para ele, e o segundo entende que o “não” é para a situação.

Claro, às vezes a mina está afim de outro cara, nesse momento não tem muito o que fazer. 

Mas, às vezes ela pode ter achado seu convite muito apelativo, que você só quer comer ela e sumir…

Nesse momento o “não” é para a situação proposta.

E quando você aprende a propor boas situações, e não levar para o pessoal, você vai começar a pensar:

“Ela disse não para isso, mas para aquilo ela pode dizer sim.”

Medo 4 – Você se julga muito

ilustração de um homem se olhando no espelho

Você já viu um filme chamado “ela é demais para mim”?

Conta a história de um homem “feio” (na opinião dele) que trabalha em um aeroporto e nunca teve muita sorte com mulheres…

Porém uma mulher super maravilhosa chamada Molly se apaixona por ele.

Então muitas vezes ele sabota o relacionamento tentando descobrir algum defeito nela.

E no meio do filme, eles chegam até a terminar…

Bom, chega de spoilers, a ideia do filme é que:

Se você nunca achar que é bom o suficiente vai acabar destruindo a sua chance com a garotinha, mesmo com ela louca por você.

Mas porque isso acontece?

A maioria dos caras vê a mulher como um ser inalcançável (principalmente se ela for bonita).

 Pensando coisas como:

  • “Nossa, não mereço ficar com essa mulher.”
  • “Ela é muita areia para o meu caminhãozinho.”

Isso vem do seu auto julgamento

Em maior ou menor grau todos nós temos uma tendência a nos sabotarmos.

O problema é que as mulheres gostam de homens que possuem um valor igual ou maior ao delas.

Então se nem você acredita que merece uma mulher da hora, você com certeza vai se ferrar…

Porque sua comunicação vai revelar que você se vê como um fracassado.

Por isso você precisa ter em mente que:

  • Existem mais mulheres do que homens no mundo;
  • Você tem total condição de ficar com uma mulher bacana;

E não importa se você é feio ou pobre…

Afinal, é uma habilidade como qualquer outra e você vai aprender.

Quando você estiver pensando que não é bom o suficiente faça o seguinte exercício:

  • Se pergunte: qual a pior coisa que pode acontecer se eu tentar mesmo não sendo bom o suficiente;
  • Lembre-se que rejeição é uma coisa natural, e com treino ela vai acontecer cada vez menos;
  • Se ela não topar sair com você, simplesmente vá conversar com outra, até pegar o jeito.

Não me culpe depois se não implementar essa mentalidade.

Jogo é jogo, treino é treino

depois de perder o medo de falar com a mina

Seu arsenal agora está completo soldado.

O que te resta fazer é treinar ao máximo para conquistar qualquer mulher que você deseje.

Você precisa se acostumar a falar, sair e estar com mulheres para que a sua habilidade de conquistador evolua.

E antes que você saia desse artigo eu preciso te dizer uma coisa muito importante:

De nada adianta você simplesmente ler esse artigo e tentar aplicar tudo na mina que você gosta logo de cara…

Afinal, você não vai acertar no começo, isso eu te garanto.

Mas é para isso que serve o treino. Comece a utilizar o que você aprendeu aqui com várias minas no tinder.

Você não conhece elas, logo não tem porque ter qualquer tipo de medo…

E quando você conseguir manter uma conversa legal com qualquer uma no tinder, vai poder dar o próximo passo:

Você vai estar pronto para chamar a menina que você realmente gosta para sair.

Pense como um cientista fazendo um experimento, ou como um jogador treinando para o campeonato.

Espero que você tenha curtido esse guia!

Qual dos 4 medos é o seu maior obstáculo? Deixe nos comentários abaixo.

Vamos adorar saber para escrever artigos e te ajudar cada vez mais.

Saiba sempre o que falar para fazer ela querer ficar com você

Curso Assunto Infinito 3.0

Quero conhecer o curso →

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *